Desporto

“Coluna foi um génio que engrandeceu o futebol”, diz Vieira

coluna slbbenfica morreu coluna Depois de Eusébio, o Benfica e o futebol português despedem-se de Mário Coluna, glória do futebol luso que morreu hoje, após agravamento de problemas cardíacos. Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, divulgou uma mensagem no site do clube, onde coloca Coluna “entre os maiores”.

Mário Coluna nasceu em Moçambique e iniciou a carreira no Desportivo de Lourenço Marques, então filial do Benfica. Estreou-se de águia ao peito em 1954, diante do FC Porto. E tornou-se símbolo do grande Benfica europeu, clube que foi duas vezes campeão da Europa.

Morre nesta terça-feira, após agravamento do débil estado de saúde. Estava internado e a notícia da sua morte foi dada mesmo antes da fatalidade. Coluna não resistiu e despede-se, deixando o Benfica e o futebol português mais pobres, dois meses depois da partida de Eusébio.

Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, divulgou uma mensagem no site do clube, onde coloca Coluna “entre os maiores”.

“Alguém cujo percurso de vida é único e cujo legado irá perdurar muito para além dele. Dizem que quando nascemos nascemos todos iguais. Mentira! Coluna nasceu diferente, para melhor, para bem melhor. Foi e será sempre um génio que engrandeceu o futebol e projetou o Sport Lisboa e Benfica para uma dimensão mundial”, escreve Vieira.

Tal como Eusébio, “o exemplo de Mário Coluna não é apenas património do Benfica, é património do futebol, a pátria onde verdadeiramente Coluna sempre esteve mais à vontade”.

Coluna “ganhou em vida a admiração daqueles que tiveram o privilégio de o ver jogar, mas ganhou igualmente o respeito e o reconhecimento de todos quantos, não tendo tido a oportunidade de ver o seu futebol, sabem por relatos e testemunhos que ele foi dos maiores talentos da sua geração”.

Vieira despede-se, neste texto de homenagem, com um “obrigado”, pelo legado de Coluna: “Estará presente nos nossos dias porque ganhou esse direito, com o seu exemplo e com as suas conquistas. Até breve, Coluna!”.

Em destaque

Subir