Europa

“Coletes amarelos” casam durante protesto em Paris

Entre a tensão e a destruição vivida em França no passado sábado, um casal de manifestantes decidiu dar o nó em pleno protesto. A indumentária foi ao encontro da ocasião e a cerimónia presenteada por 200 “coletes amarelos”.

Durante os protestos a reivindicar o fim de mais impostos no país e apelos à demissão de Emmanuel Macron, houve espaço para um ‘sim’ especial.

Entre os manifestantes da portagem de Séméac, em Hautes Pyrénées, dois coletes amarelos decidiram casar.

A cerimónia foi organizada pela comunidade local e presidida por um prefeito de peruca azul, branca e vermelha e vestido com o colete amarelo.

Embora o dia fosse especial, o casal deu o nó vestido a rigor: ele de fato completamente amarelo e a noiva de com um vestido florescente, um véu branco e flores amarelas na cabeça.

A união foi testemunhada entre aplausos de mais de 200 manifestantes.

Veja.

Mais partilhadas da semana

Subir