Nacional

Cláudio Ramos e a polémica com Judite: “Das maiores canalhices dos últimos tempos”

Cláudio Ramos saiu em defesa de Judite Sousa, depois da polémica discussão entre a jornalista e um repórter de imagem, numa reportagem no Brasil. Para o comentador, a divulgação das imagens teve como “objetivo estragar a imagem de Judite”.

A polémica em torno de Judite Sousa continua a dar que falar. Depois de Manuel Luís Goucha se ter mostrado solidário com a jornalista, também Cláudio Ramos saiu em sua defesa.

“Não gostei nada do que fizeram à Judite Sousa. Podia ter escrito ‘não gostei nada do que fez a Judite Sousa’, mas não é verdade. Mentiria. Aquilo que seria uma discussão ‘normal’ entre dois colegas de trabalho, transformou-se num episódio canibalesco contra a jornalista, que de facto está frágil há algum tempo”, começou por escrever.

Num texto partilhado no seu blogue, Cláudio Ramos salienta que a publicação das imagens teve como “objetivo estragar a imagem de Judite de Sousa”, num gesto “muito pouco profissional e humano”.

“O que ganham com a publicação destas imagens? E a resposta for razoável eu talvez pense que a sua partilha fez algum sentido, mas como sei que não há resposta que justifique tamanha canalhice fico na minha”, notou.

“Isto é mais que canalhice. Tem vários outros nomes como imaginam! Dizem-me que está já aberta uma investigação. E era bom que se chegasse ao responsável, e que o responsável viesse assumir as culpas e pedir perdão.”

A terminar, Cláudio Ramos sublinha que isto “foi uma das maiores canalhices dos últimos tempos”.

“Quem fez fez isto queria transformar a Judite numa vilã. (…) Posso garantir que comigo, sempre que precisei profissionalmente, foi impecável. Nunca me falhou”, concluiu.

Mais partilhadas da semana

Subir