Cinema

Cinema de Nanni Moretti em retrospetiva na Festa do Cinema Italiano

Uma “retrospetiva exaustiva” da obra do realizador Nanni Moretti é o que promete a Festa do Cinema Italiano, que decorrerá em abril em várias cidades portuguesas, foi hoje anunciado.

Esta será a 12.ª edição do festival dedicado à cinematografia italiana e decorrerá a partir de 05 de abril em Lisboa e nos dias seguintes estender-se-á a outras cidades, como Almada, Coimbra, Porto e Setúbal.

Segundo a organização, a retrospetiva dedicada ao realizador italiano incluirá obras inéditas, nomeadamente curtas-metragens e documentários.

“Subtil, irónico, controverso, provocador e premiado, Nanni Moretti é, provavelmente, o realizador italiano que mais se destacou internacionalmente nos últimos 30 anos”, refere a Festa do Cinema Italiano.

Nanni Moretti esteve em Portugal em 2015, quando apresentou a longa-metragem “Minha mãe” no âmbito do Lisbon & Estoril Film Festival.

Na altura, a propósito deste filme, a partir de uma experiência biográfica de morte e perda, dizia aos jornalistas que “o cinema não é uma autoterapia”. “Faço filmes com as minhas obsessões, tiques e manias, mas não muda nada”, afirmou.

Realizador, argumentista, ator, Nanni Moretti tem 65 anos e cerca de duas dezenas de filmes que retratam “o próprio país e a sociedade à sua volta de forma inteligente e nunca banal”, refere o festival.

A “Palombella Rossa”, “Querido Diário”, “Abril”, “O Caimão” ou “Habemus Papam”, Nanni Moretti deverá juntar em breve o filme “Tre piani”, ainda em produção, a partir de uma obra do escritor israelita Eshkol Nevo.

Mais partilhadas da semana

Subir