Insólito

Fez cinco tatuagens ao cão e gerou uma onda de revolta

Um brasileiro fez tatuagens ao cão e partilhou as imagens no Facebook. A onda de revolta pelo sofrimento provocado ao animal foi tão grande que Emerson Damasceno teve de apagar a sua conta.

Emerson Damasceno gosta de tatuagens e a sua imagem é a maior prova desse facto. Porém, levou a sua paixão para a esfera do doentio e decidiu tatuar também o seu animal, um bull terrier, submetido a um sofrimento tão grande como escusado.

Mas este brasileiro não se ficou por aqui. Ter-se-á sentido orgulhoso pelo seu feito e partilhou imagens no Facebook. As fotografias rapidamente se propagaram nas redes sociais e transformaram Emerson Damasceno num alvo dos mais duros ataques.

De tal forma que se sentiu obrigado a apagar a sua conta no Facebook e a esconder-se da onda de críticas, também com origem em algumas associações de defesa animal.

Este bull terrier viu o dono fazer cinco tatuagens no rosto em zonas extremamente dolorosas: nas orelhas, junto aos olhos e no focinho.

O caso teve repercussão na imprensa e, de acordo com declarações da namorada de Damasceno ao Metro UK, as tatuagens só foram feitas depois de ouvir um médico veterinário.

O brasileiro, que mora e Minas Gerais, alega também que apenas fez as tatuagens para proteger o cão de um cancro. Argumentos sem credibilidade de uma história de crueldade animal incompreensível.

Aliás, em resultado deste caso, vários especialistas veterinários realçaram que tatuar um cão não traz quaisquer benefícios e pode até causar problemas de saúde ao animal.

511Shares

Mais partilhadas da semana

Subir