Ciência

Cientistas testam medicamento que pode resultar em doentes ligeiros ou assintomáticos

Um consórcio de investigadores defende que o raloxifeno, um medicamento genérico usado normalmente em casos de osteoporose, pode ajudar ao tratamento dos pacientes mais ligeiros ou assintomáticos de covid-19.

A equipa, apoiada pela União Europeia, concluiu que o raloxifeno pode ajudar a travar a replicação do novo coronavírus nas células, impedindo o agravamento da doença.

O composto tem ainda as vantagens de ser bem tolerado pelo organismo e de apresentar um perfil toxicológico bem conhecido.

O consórcio aguarda agora por uma avaliação da Agência Europeia do Medicamento para dar início ao ensaio clínico, de forma a transformar o raloxifeno num medicamento para casos assintomáticos ou ligeiros de covid-19.

0Shares

Em destaque

Subir