Nas Notícias

Cientistas plantam árvores para compensar emissões de gases de efeito estufa

No âmbito da ação ‘Carbon Care’, cientistas vão plantar árvores em Coimbra, para compensar emissões de gases de efeito estufa. A ação decorre nesta quarta-feira, no Parque Verde, a partir das 10 horas.

Qual o impacto ambiental que uma Conferência Científica pode causar? – Os responsáveis da IEEE VPPC 2014, Vehicle Power and Propulsion, uma das mais importantes conferências mundiais na área dos veículos elétricos, fizeram as contas e concluíram que foram emitidas cerca  de 486 toneladas de dióxido de carbono, durante os três dias do evento realizado em Coimbra, em 2014.

Só os transportes utilizados pelos mais de 200 participantes foram responsáveis por 94 por cento das emissões.

Para mitigar os efeitos causados, a conferência tem por tradição realizar duas ações ambientais, uma de âmbito nacional, efetuada na cidade onde decorre, e outra de internacionalmente.

Deste modo, nesta quarta-feira, dia 3 de junho, cientistas do INESC – Coimbra, do Instituto Politécnico de Coimbra e da Universidade de Coimbra, organizadores do IEEE VPPC 2014, vão promover uma ação designada ‘Carbon Care’, no Parque Verde (entre a ponte Pedro e Inês e os pavilhões junto ao ‘Queimódromo’).

Para a mitigação dos efeitos das emissões geradas pelas viagens internacionais realizadas no âmbito da conferência, estimadas em 459 toneladas de dióxido de carbono, os investigadores escolheram apoiar a “reflorestação do Parque Nacional Los Alerces, no sul da Argentina”, explica o investigador Paulo Pereirinha.

“Este parque nacional sofreu um incêndio florestal devastador em fevereiro de 2008 – 7200 hectares de floresta primária perdida”, acrescenta.

0Shares

Em destaque

Subir