Nas Notícias

Ciclista português morre subitamente em prova de BTT

Um ciclista português, de 57 anos, morreu neste domingo, vítima de uma paragem cardiorrespiratória, durante uma prova de BTT, com partida e chegada em Estela, Póvoa do Varzim.

João Vasco Lopes, de 57 anos, sentiu-se mal a meio da prova, em Esposende e, pese embora a rápida intervenção do INEM, não resistiu a uma paragem cardiorrespiratória, tendo o óbito sido declarado ali mesmo.

A vítima, residente em Ílhavo, era praticamente assíduo deste tipo de provas e trabalhava como assistente operacional no Hospital Infante D. Pedro, em Aveiro.

Nas redes sociais, um amigo de João Vasco Lopes que também participava no evento, escreveu o desportista “morreu a fazer aquilo que gostava e aparentemente não sofreu”.

“Não foi acidente, não foi queda, mas algo súbito e, apesar de toda a assistência médica imediata, não foi possível reverter a situação”, lamentou.

4Shares

Mais partilhadas da semana

Subir