Mundo

Chefe dos inspetores da Agência de Energia Atómica demitiu-se

O chefe dos inspetores da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA), Tero Varjoranta, apresentou a demissão do cargo, anunciou um porta-voz da agência das Nações Unidas.

Nenhuma razão foi avançada para a saída de Tero Varjoranta, que surge depois de o Presidente norte-americano, Donald Trump, anunciar que os EUA iam deixar o acordo nuclear com o Irão, país em que a AIEA foi responsável por verificar a sua aplicação.

“As atividades de segurança da agência vão continuar de maneira muito profissional”, acrescentou o porta-voz em Viena, Áustria, local onde fica a sede da AIEA.

Tero Varjoranta, finlandês que estava no cargo desde o final de 2013, foi temporariamente substituído por Massimo Aparo, diretor interino do gabinete da agência encarregue da verificação nuclear do Irão.

O seu sucessor vai ser indicado assim que possível, disse o porta-voz.

A Casa Branca anunciou na quinta-feira que pretende que as inspeções nucleares no Irão continuem, apesar da retirada dos EUA do acordo nuclear.

Fundada em 1957, a AIEA é a organização das Nações Unidas no campo das tecnologias nucleares. Além do seu trabalho em segurança nuclear civil e na pesquisa científica, nos campos da saúde ou do meio ambiente, a sua missão é detetar possíveis programas nucleares militares clandestinos.

Mais partilhadas da semana

Subir