Motores

Chefe da Hyundai justifica contratação de Ott Tanak

Em declarações à publicação francesa Auto Hebdo o chefe da Hyundai justificou a contratação do Campeão do Mundo de Ralis para a sua equipa na próxima época.

Andrea Adamo diz que a opção por Ott Tanak foi ditada pela necessidade “de ter dois grandes pilotos que são rápidos”.

Segundo o italiano que lidera a Hyundai Motorsport a intenção de contratar o estónio já vinha desde o começo deste ano, muito embora não precise bem quando começou a falar com Tanak.

Adamo diz que “inicialmente foi Alain Penasse (o team manager da equipa Hyundai) quem encetou os contactos, dando a Ott uma visão muito clara da equipa”, referindo que depois Penasse e ele próprio falaram com Markko Martin, que ajuda o piloto do Báltico na sua carreira.

“De seguida encontramos-nos. Mas, para ser honesto, no começo estávamos certos de que se tratava apenas de uma forma de fazer uma proposta à Toyota. Não entramos nesse jogo. Avançamos e foi fácil em termos de abordagem”, salienta o diretor da Hyundai Motorsport.

Andrea Adamo diz que em termos de orçamento a contratação de Ott Tanak “não foi nada de espantoso, não foi louco, foi o necessário”. E comenta: “Já ouvi palermices que me fazem rir. A imprensa coloca valores em cima da mesa que não correspondem às cifras anunciadas. As pessoas não compreendem que, por vezes, o ‘feeling’ é excelente, com a mesma visão e que decidimos colaborar”.

O chefe da equipa da Hyundai confessa que dúvidas acerca da possibilidade de ter Tanak ‘a bordo’ em 2020 houve sempre “e até ao último momento”, porque, frisa: “Se não dúvidas és estúpido ou um romântico. Estou convencido que é necessário estares bem concentrado para avaliar a situação e evitar os erros”.

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir