Motores

Chefe da Hyundai considera Fafe um excelente ‘ensaio’ para o Rali de Portugal

Juntamente com a comitiva da equipa Hyundai Costumer Racing, estrutura que serviu de apoio a Dani Sordo no Rali Serras de Fafe, veio Andrea Adamo.

O italiano, que substituiu Michel Nandan à frente da Hyundai Motorsport, falou ao PT Jornal e explicou que a deslocação do piloto espanhol foi muito importante, tanto para o piloto como para a própria estrutura de Alzenau.

Foto: Ricardo Cachadinha

“Esta vinda de Dani a Portugal e aqui a Fafe foi bastante útil. Por um lado promoveu a marca no mercado português e espanhol, e por outro permitiu ao piloto preparar-se para o Rali de Portugal, que também visita esta região e também a ida dele ao México, que também se disputa neste tipo de terreno”, explicou Adamo.

Questionamos o chefe da equipa Hyundai se a sua deslocação ao nosso país também é uma indicação de que Portugal também tem a sua importância para a estrutura de Alzenau. E a sua resposta não podia ser mais clara: “Temos uma clara noção do crescimento do campeonato português de ralis, até porque há uma equipa que nos representa e que ganhou o título no ano passado. Depois porque sei que no vosso país há um grande entusiasmo pelos automobilismo, não só nos ralis mas também na velocidade, como já vi também em Vila Real (WTCR)”.

“Há bons pilotos no campeonato português, muito interesse e muita competição. O que também é muito bom. Alguns dos pilotos locais têm experiência internacional, e não é fácil a Dani batê-los, sobretudo quando estão muito familiarizados com o terreno”, acrescentou Andrea Adamo.

Mais partilhadas da semana

Subir