Fórmula 1

Charles Leclerc promete ser mais agressivo em pista

A manobra que deu a Max Verstappen no Grande Prémio da Áustria ainda está na memória de Charles Leclerc, que promete ser mais agressivo para com o holandês da Red Bull Racing.

Duas semanas após a corrida austríaca, a prova deste fim de semana em Silverstone pode ser uma boa oportunidade para o monegasco da Ferrari dar uma ‘resposta à altura’, acreditando que se fizer uma manobra idêntica os comissários a vão tratar como uma normal situação de corrida, como sucedeu em Spielberg.

“A minha atitude vai mudar, já que as fronteiras (limites do que se pode fazer em pista) mudara. O que é talvez uma boa coisa”, afirmou Leclerc em pleno ‘paddock’ do Grande Prémio da Grã-Bretanha. “Enquanto piloto queremos sempre guiar de maneira agresiva e parece que agora temos esse direito. Além disso será bom ter um pouco de consistências nas penalizações para sabermos o que podemos fazer em pista”, reitera.

Leclerc reforça: “Não tenho qualquer problema com a penalização se a tratamos como um incidente de forma isolada. Depois, se olharmos para os antecedentes da temporada, tenho a impressão que certos episódios bem menos graves foram penalizados. Se fossem considerados teriam sido sancionados, e não foi o caso”.

“Se podemos conduzir daquela maneira (como Verstappen), então vou-o fazer também. Sou o primeiro a gostar disso. Eu e Max já nos conhecemos há muito tempo. Este género de duelos em pista é bom para a F1. Espero que tenha sido o primeiro de uma longa série”, assume o monegasco da Ferrari.

Sem o evocar declaradamente, Leclerc fez alusão à penalização infligida ao seu companheiro de equipa Sebastian Vettel no Canadá, que liderando até protagonizar uma ligeira saída numa curva foi penalizado por regresso perigoso à pista diante de Lewis Hamilton.

Embora na Áustria a vitória lhe tenha escapado, a verdade é que o antigo Campeão de Fórmula 2 vem de três pódios consecutivos, ainda que não veja a prova deste fim de semana como o ideal para se redimir do que sucedeu na prova anterior: “Penso que será um pouco mais complicado para nós a partir de Silverstone. Já vimos que temos mais dificuldades que a Mercedes e a Red Bull ao nível da velocidade em curva”.

Charles Leclerc considera que aquele aspeto pode ser penalizador para a Ferrari neste Grande Prémio da Grã-Bretanha: “Sabemos que é um fator importante aqui. Por isso acho que será difícil para nós. Vou dar tudo para prolongar a série de pódios e, porque não, conseguir uma primeira vitória”.

Mais partilhadas da semana

Subir