Fórmula 1

Charles Leclerc não dará descanso a Sebastian Vettel

Há quem considere que Charles Leclerc será um companheiro de equipa muito menos passivo do que Kimi Raikkonen para Sebastian Vettel. E mesmo quem o aponte com um candidato ao título de Fórmula 1 em 2019.

O jovem piloto monegasco de 21 anos vem de um excelente ano de estreia na F1 com a Sauber, e o Ex-campeão do Mundo Nico Rosberg acha que não dará descanso a Vettel no seio da Ferrari na próxima temporada.

Em declarações à publicação especializada italiana Autosprint, Rosberg acha que Leclerc vai colocar muita pressão sobre Vettel: “Leclerc é tão forte e Vettel vem de um ano difícil. Tem de continuar muito concentrado e dar tudo para se manter como líder na Ferrari. Leclerc não é Raikkonen. Vai colocar muita pressão sobre ele”.

O Campeão do Mundo de 2017 considera que a dupla que a equipa de Maranello tem agora lhe lembra a que a McLaren tinha em 2007 com Alonso e Hamilton, embora Nico Rosberg pense que o grande peroblema para Vettel seja a sua tendência para mudar a sua abordagem por forma a defender-se de Leclarec.

“Quando temos demasiada confiança nas nossas capacidades, como ele tem por vezes, não se está disposto a mudar essa atitude. É disso que suspeito nele. Não é capaz de mudar a sua abordagem”, refere o piloto de Wiesbaden.

Mas há quem tenha passado por Maranello e também pense que Charles Leclerc tem o que é preciso para se tornar Campeão do Mundo. É o caso de Massimo Rivola, que chegou a estar à frente da Ferrari Academy, o programa de apoio aos novos pilotos da marca do ‘cavalinho rampante’.

“Acredito e espero que a Ferrari lhe dê as mesmas oportunidades a ambos, e que o melhor prevaleça. Não há dúvida que 2019 será uma aprendizagem para Charles, mas podemos estar seguros de que irá tentar ganhar logo”, defendeu Rivola em declarações ao Gazzetta Dello Sport.

O antigo responsável da Ferrari diz que o jovem piloto monegasco lhe faz lembrar mais Fernando Alonso do que Sebastian Vettel: “Tive a oportunidade de trabalhar com Sebastian quando ele começou na Toro Rosso e Alonso na sua primeira época na Minardi. E Fernando tinha a mesma forma de Charles na qualificação e a mesma capacidade para mostrar resultados”.

O antigo Campeão do Mundo de F1 Mário Andretti reconhece o talento de Lecler mas acha que será melhor a Ferrari tem uma política de piloto número: “Leclerc parece muito bom e tem um grande futuro à sua frente. Foi sempre ideia de Sergio Marchionne levá-lo para a Ferrari. Mas não sei é a altura certa para ele. Em cada equipa deve a haver um primeiro e um segundo piloto. Dois número um nunca resulta”.

7Shares

Mais partilhadas da semana

Subir