Economia

CGD estima entregar 300 milhões de euros ao Estado

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) estima entregar este ano ao Estado cerca de 300 milhões de euros em dividendos relativos às contas de 2019, acima dos 200 milhões relativos a 2018, divulgou hoje o presidente do banco.

Em conferência de imprensa de apresentação de resultados de 2019 (lucro de 776 milhões de euros), em Lisboa, Paulo Macedo disse que, caso a percentagem de dividendos a atribuir ao acionista único da CGD, o Estado, seja idêntica à de 2018, “será um valor de cerca de 300 milhões [de euros]”.

Na proposta de lei do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020), o Governo tinha previsto um total de 705 milhões de euros de dividendos a receber da CGD e do Banco de Portugal em 2020 (relativos aos resultados de 2019), dos quais 237 milhões dizem respeito à Caixa.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir