Educação

Cerca de 48 mil crianças perderam o abono de família

criancas v2Os dados são da Segurança Social e foram adiantados pelo Público. Num ano, cerca de 48 mil crianças perderam o abono de família. “Vamos ter de avaliar com atenção”, comentou ao mesmo jornal a secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim.

De acordo com os dados oficiais, o número de crianças e jovens com direito ao abono de família desceu dos cerca de 1,167 milhões (novembro de 2014) para os 1,118  milhões (novembro de 2015).

Trata-se de uma queda de quatro por cento que fica mais difícil de explicar quando, nos últimos anos, não se mexeu nas regras de acesso a esta prestação.

O caso foi reconhecido pela secretária de Estado da Segurança Social, Cláudia Joaquim, quando questionada pelo Público.

“Esta é uma prestação que vamos ter de avaliar com atenção. Porque o abono de família, ao contrário do Rendimento Social de Inserção e do Complemento Solidário para Idosos, não sofreu grandes alterações legislativas nestes quatro anos”, lembrou a governante.

Embora a redução da natalidade possa explicar algo não será a única causa do problema: “Ainda não tivemos oportunidade de ver com detalhe, mas de facto há aqui uma tendência de diminuição do abono que é difícil de compreender e sobre a qual o PS, ao longo dos últimos quatro anos, questionou bastante o anterior Governo”.

Mais partilhadas da semana

Subir