Cultura

Cerca de 40 artistas e grupos atuam no Festival B em Beja a partir de hoje

Cerca de 40 artistas e grupos, como Jorge Palma, Rão Kyao, Mafalda Veiga e Luís Represas, vão atuar, entre hoje e domingo, no 2.º Festival B, em Beja, dedicado ao imaginário romântico da “mítica” freira Mariana Alcoforado.

Segundo a promotora, a Câmara de Beja, o evento deste ano, designado Festival B – Cidade de Mariana Alcoforado, é dedicado ao amor e ao imaginário romântico da freira de Beja que nutriu “uma paixão sublime, não correspondida”, por um cavaleiro francês.

O festival também comemora os 350 anos da primeira edição das “célebres” cinco cartas de amor, “Cartas Portuguesas”, que a freira dirigiu ao cavaleiro e que testemunham e tornaram “universal” o seu amor não correspondido, o qual é considerado “uma das mais bonitas histórias de amor”.

De acordo com o município, o festival inclui iniciativas durante este ano, mas a programação principal vai decorrer entre hoje e domingo com 14 espetáculos de música e dois de dança criados propositadamente por cerca de 40 artistas e grupos, uma conferência e três conversas.

Os espetáculos, a conferência e as três conversas vão decorrer em quatro palcos instalados no centro histórico da cidade, nomeadamente no terraço e no largo do Museu Regional Rainha D. Leonor, no Largo do Lidador e no Pátio das Laranjeiras e, durante os quatro dias, haverá uma zona de restauração na Praça da República.

O festival arranca hoje, às 18:00, com a conferência “A Vida Universal de Mariana Alcoforado”, seguindo-se, às 21:00, o espetáculo de dança “Muros”, da Companhia Alentejana de Dança Contemporânea, e, às 22:20, o espetáculo de música “Cartas Portuguesas de Mariana Alcoforado”, de Sofia Alves & António Chaínho.

Ana Santos & António Bexiga, às 18:00, Rão Kyao & Coro do Carmo, às 21:00, Buba Espinho & Rancho de Cantadores de Aldeia Nova de São Bento, às 22:10, e Jorge Palma & Mafalda Veiga, às 23:20, são os espetáculos de música previstos para sexta-feira.

No sábado, haverá espetáculos de música de Gisela Cañamero, às 18:00, de Cante Novo, às 21:00, de Sara Correia & Sandra Maya, às 21:25, de João Gil & Grupo de Cantares Femininos de Aljustrel, às 23:50, e Ala dos Namorados & Filarmónica Capricho Bejense, às 00:40.

Ainda no sábado, às 22:40, será apresentado o espetáculo “100 Passos – 12 canções de Amor”, no qual os cantores António Caixeiro, Clara Palma, Fernando Pardal, Inês Duarte, Jorge Roque e Mafalda Vasques, com direção musical de Valter Rolo, irão interpretar canções criadas por Paulo Abreu Lima.

No domingo, serão aparentados os espetáculos de música de Malino & António Revez, às 18:00, de Anaquim & Filipa Pais, às 22:00, de Vitorino & Coro de Câmara de Beja, às 23:10, e o espetáculo de dança “Maraflor”, às 21:00.

Através da iniciativa “Beja Enamorada…”, o escritor e humorista alentejano Jorge Serafim vai ter conversas com três convidados, uma por dia, entre sexta-feira e domingo, no terraço do museu regional, sempre a partir das 18:45.

Além da programação entre hoje e domingo, o festival inclui também, no museu regional, a exposição “100 Passos”, patente até final deste ano, e as exposições “Leonel Borrela” e “Cartas Portuguesas” e a instalação artística “Fides Profana”, de Gisela Cañamero, que podem ser visitadas até final deste mês.

No âmbito da edição deste ano do Festival B, a Câmara de Beja lançou um filme 3D sobre Mariana Alcoforado e o documentário “Cartas”, realizados por António Paisana e Luís Godinho, respetivamente, e um vinho e um chocolate inspirados no imaginário romântico da freira.

A edição deste ano do festival vai incluir ainda um congresso internacional sobre Mariana Alcoforado, em novembro, e o concerto de encerramento das comemorações dos 350 anos da primeira edição das “Cartas Portuguesas”, a cargo do Coro de Câmara de Beja, em dezembro.

Mais partilhadas da semana

Subir