Economia

Centeno mantém meta de 0,2 por cento em 2019 apesar de défice melhor que previsto

O ministro das Finanças, Mário Centeno, disse hoje que mantém a previsão do défice este ano, de 0,2 por cento do PIB, apesar do défice de 2018 ter ficado abaixo do previsto pelo Governo.

“Não vejo razão para alterar a previsão neste momento”, disse hoje o ministro das Finanças na conferência de imprensa onde comentou o saldo orçamental das Administrações Públicas do ano 2018, divulgado hoje pelo Instituto Nacional de estatística (INE).

Mário Centeno afirmou que, com os resultados hoje alcançados, “Portugal ganhou a aposta da credibilidade” e conseguiu “mostrar à Europa que havia uma alternativa”.

O INE divulgou hoje que o défice orçamental de 2018 ficou nos 0,5 por cento do PIB, abaixo dos 0,6 por cento previstos pelo Governo, e depois do défice de 3 por cento registado em 2017.

Mais partilhadas da semana

Subir