Nas Notícias

Catarina Martins defende Robles: “As notícias são falsas, isto é um absurdo”

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, falou no acampamento de jovens do Bloco para defender o vereador Ricardo Robles no caso do prédio em Alfama. “As notícias são falsas”, afirmou.

Em declarações aos jornalistas, citadas pelo Diário de Notícias, Catarina Martins disse que o vereador já “explicou tudo o que tinha a explicar” e que Robles “fez bem em prestar os esclarecimentos”.

Ricardo Robles desmentiu a notícia de que tinha comprado um apartamento em Lisboa, que vem hoje na capa do jornal Sol.

“As notícias são falsas, é um absurdo. (…) Não houve nenhuma mais valia, não houve nenhum lucro”, disse a coordenadora do Bloco de Esquerda.

“Podemos olhar para o que existe. E o que existe é alguém que se comportou, muito antes de ser notícia, à altura do que era esperado. Alguém que num negócio familiar protegeu os inquilinos do prédio que a família tinha. Alguém que tomou a decisão correta de não permitir a sua alienação para a finalidade que poderia ser especulativa”, afirmou Catarina Martins, explicando que grande parte do sucedido aconteceu quando Robles ainda não era vereador.

“Gostava de perguntar aos jornalistas que respeitamos e por que lutamos, se se sentem bem por haver uma manchete a dizer que ganhou milhões”, atirou, referindo-se à manchete do Sol, “Robles tem mais dois apartamentos em Lisboa”.

Catarina Martins referiu-se também ao PSD, “o partido que está a ser investigado por problemas, tanto de vistos Gold, como financiamento ao partido através de negócios ligados a obras e autarquias” por alimentar o caso.

Ricardo Robles está no centro da polémica depois de uma investigação do Jornal Económico, por ter alegadamente comprado um prédio por 347 mil euros e querer vendê-lo por 5,7 milhões.

Mais partilhadas da semana

Subir