EUA

Carolina Patrocínio pode ter de testemunhar em tribunal no caso da alegada violação de Ronaldo

Carolina Patrocínio é a mais recente vítima da polémica em torno de Cristiano Ronaldo, com os tablóides ingleses a recuperarem um suposto romance entre ambos em 2007.

A apresentadora da SIC foi ‘metida ao barulho’ depois dos advogados de Kathryn Mayorga avisarem que iam investigar a fundo o passado do craque, em especial as antigas namoradas.

Em 2007, dois anos antes da violação de que se queixa a norte-americana, foi levantado o rumor de que Ronaldo e Carolina Patrocínio estariam numa relação.

O boato surgiu depois de terem sido vistos a jantar juntos no Cop’3, num clima descrito como de grande proximidade.

Alguma imprensa avançou mesmo que a relação não chegou a durar um mês, pois Ronaldo pretendia discrição e Carolina terá contado a alguns amigos, que depois ‘deram com língua nos dentes’.

Nada que preocupasse os tablóides ingleses (à data, CR7 jogava no Manchester United), que juntaram a jovem da SIC à lista das ‘conquistas’ do craque.

Alguns desses tablóides foram agora aos arquivos recuperar a história, a propósito do interesse dos advogados de Kathryn Mayorga nas ex-namoradas de Cristiano Ronaldo.

No limite, Carolina Patrocínio poderá ser intimida a depor como testemunha: quanto mais não seja, para negar que tenha tido qualquer relacionamento amoroso com o jogador.

Mais partilhadas da semana

Subir