Motores

Carlos Vieira leva vantagem no Algarve

CarlosVeiraAlgarve115

Carlos Vieira e Luís Ramalho concluíram o primeiro dia do Rali Casinos do Algarve na liderança. A dupla do Ford Fiesta R5 impôs-se em três das quatro classificativas que compunham a tirada.

Vieira logrou ganhar vantagem sobre Ricardo Moura, que depois de ter sido o mais rápido na especial inaugural assumiu o comando da prova, até o piloto nortenho lançar o seu ataque e regressar a Loulé com quase cinco segundos de vantagem sobre o açoriano.

Num rali onde se joga o título nacional absoluto entre Ricardo Moura e José Pedro Fontes, o piloto de São Miguel começou desde logo a assumir as ‘despesas’ da prova, sendo mais de 13 segundos mais rápido do que o seu rival no primeiro troço cronometrado.

PedroMeirelesAlgarve115

Já nessa altura Carlos Vieira ‘espreitava’ a oportunidade de ‘assaltar’ o comando do rali, que aconteceu na segunda especial, quando bateu Pedro Meireles por mais de quatro segundos e ganhou quase o mesmo tempo a Ricardo Moura.

Esta primeira passagem por Alportel dava o mote para o que se iria seguir, já que Vieira estava imparável e na segunda passagem por São Brás conseguia ganhar mais de um segundo a Moura.

Estava à vista que o piloto de Braga queria terminar o dia na frente do rali, o que viria a concretizar vencendo a derradeira especial da etapa, enquanto Ricardo Moura, mais relaxado com problemas do seu rival no campeonato, descia para o segundo posto.

Os travões do Citroën DS3 R5 de José Pedro Fontes, fizeram o piloto portuense perder quase 50 segundos para o líder, depois de já ter protagonizado uma ligeira saída de estrada na segunda classificativa.

JPfontesAlgarve315

Mesmo assim Fontes conseguiu concluir a etapa no quarto posto, atrás de um rápido e consistente Pedro Meireles, que prosseguiu a sua evolução aos comandos do Skoda Fabia R5.

Destes problemas acabou por tirar partido Carlos Martins, para ascender ao quinto posto, aproveitando-se não apenas dos problemas sentidos por Ricardo Teodósio, a contas com problemas no motor do Fiesta R5 da P&B Racing.

Entre os concorrentes dos duas rodas motrizes Diogo Gago foi ‘santo da casa’ neste primeiro dia. O piloto do Peugeot 208 R2 concluiu a tirada diante de João Ruivo e Marco Cid, depois do piloto do Renault Clio R3 ter chegado a liderar a categoria.

Classificação após a 4.ª Pe
1.º Carlos Vieira/Luís Ramalho (Ford) 27m17,2s
2.º Ricardo Moura/António Costa (Ford) + 4,9s
3.º Pedro Meireles/Mário Castro (Skoda) + 38,9s
4.º José Pedro Fontes Miguel Ramalho (Citroën) + 49,3s
5.º Carlos Martins/Daniel Amaral (Skoda) + 1m22,5s
6.º Joaquim Alves/Pedro Alves (Skoda) + 1m52,5s
7.º Adruzilo Lopes/Vasco Ferreira (Subaru) + 2m27,6s
8.º Diogo Gago/Jorge Carvalho (Peugeot) + 2m33,6s
9.º Elias Barros/Ricardo Faria (Ford) + 2m35,6s
10.º João Ruivo/João Peixoto (Renault) + 3m20,2s

Em destaque

Subir