Mundo

Cão violado por casal teve de ser abatido por causa do trauma

Um cão violado por um casal, no estado do Colorado (EUA), ficou tão traumatizado que nunca mais poderia ser adotado, pelo que foi abatido.

Bubba foi abusado, durante vários dias, por Fred Manzanares, de 51 anos, e Janette Solano, de 49.

Quando o caso foi descoberto, o cão foi entregue a uma instituição, que o tentou recuperar para nova adoção.

Porém, Bubba ficou tão traumatizado que desenvolveu um comportamento “muito agressivo”, pelo que a instituição optou pela eutanásia para poupar o animal a mais sofrimento.

Fred Manzanares foi condenado a seis meses de prisão, a que se somam de dois anos de liberdade condicional.

Janette Solano alegou que o marido a pressionou a fazer sexo com o cão e que desde então estava a tentar separar-se, pelo que foi condenada a dois anos de prisão com pena suspensa.

303Shares

Mais partilhadas da semana

Subir