Insólito

Cão fechado num carro ‘vale’ gorjeta de cinco dólares

Um homem ganhou uma gorjeta de cinco dólares por repreender alguém que não conhecia, depois de ter visto um cão fechado num carro. Uma história invulgar sobre um herói anónimo do dia a dia.

“Não há nada que tão bem refresque o sangue como uma boa ação”, escreveu Jean de La Bruyère, no século XVII, sem se lembrar de uma cerveja fresquinha.

E o que têm em comum uma boa ação, uma cerveja, um cão trancado num carro e três pessoas que nunca se conheceram?

Parece o argumento de um filme de ficção, mas aconteceu mesmo em Austin, no Texas (EUA).

Um homem discutiu com um outro, que não conhecia, após ter visto que esse desconhecido tinha deixado o cão fechado no carro enquanto foi aos correios.

Surge então a terceira ‘personagem’, que podemos identificar como o narrador, citando o bilhete que deixou no párabrisas do primeiro.

“Hey, quando eu parei vi que estava a repreender alguém, dizendo que não devia deixar o cão no carro enquanto ia aos correios. Isso foi FANTÁSTICO! Apenas quero agradecer com esta pulseira e cinco dólares para tomar uma cerveja fresquinha”, escreveu o terceiro homem, assinando como Andrew.

Refira-se ainda que a pulseira contém uma mensagem de alerta para os perigos de deixar um cão fechado num carro em dias quentes, lembrando que a temperatura no interior do veículo pode subir dos 32 para os 62 graus Celsius em apenas 15 minutos.

gorjeta 5 euros

Em destaque

Subir