Fórmula 1

Cancelada sessão de treinos livres para o GP Azerbaijão após incidente insólito

A primeira sessão de treinos livres para o Grande Prémio do Azerbaijão, quarta prova do Mundial de Fórmula 1, foi hoje cancelada depois do levantamento de uma tampa de esgoto ter atingido o monolugar de George Russell (Williams).

O embate da tampa na parte de baixo da viatura provocou danos visíveis e deixou vários destroços na pista. Ao que tudo indica a tampa de saneamento estava mal fixada, o que acabou por danificar o fundo plano do FW42 # 63. De imediato os comissários de pista acenaram as bandeiras vermelhas parando a sessão.

Verificou-se serem necessárias reparações no local, sendo que ao longo do traçado urbano de Baku mais de 300 tampas de saneamento estão espalhadas pelo circuito. Isso requereu tempo para que os organizadores pudessem examinar todas antes de autorizar a realização do evento seguinte, a sessão de qualificação da Fórmula 2, prevista para as 15h00 locais, 12h00 em Portugal.

Os azares da Williams, que possui atualmente os carros mais lentos do pelotão da F1, parecem não ter fim, sendo que desta vez até o camião que transportou o FW42 de Russell bateu numa passagem aérea sobre o circuito, o que atrasou ainda mais a chegada do monolugar do britânico às boxes.

Como se tal não bastasse a equipa percebeu que os estragos no Williams do Campeão de F2 em título não podiam ser reparados a tempo de George Russell participar na segunda sessão de treinos livres, prevista para esta tarde. Isso faz com que o jovem piloto britânico só possa regressar à pista no terceiro treino livre, que se realiza amanhã de manhã.

Na altura da interrupção Charles Leclerc (Ferrari) era o mais rápido em pista (1m47,497s), 2,1s à frente do seu companheiro de equipa, Sebastian Vettel.

O Grande Prémio do Azerbaijão disputa-se em Baku, num circuito citadino com um total de 6.003 quilómetros.

126Shares

Mais partilhadas da semana

Subir