Desporto

Campeã recusa ir à Arábia Saudita face às restrições às mulheres

A campeã mundial de xadrez recusa disputar o campeonato na Arábia Saudita face às restrições que aquele país tem às mulheres e aos constrangimentos que seria sujeita.

“Em poucos dias vou perder dois títulos mundiais, um a um. Apenas porque decidi não ir à Arábia Saudita. Por não jogar com as regras de outros, por não usar abaya (túnica larga), por não ter de ir acompanhada à rua, e finalmente por não me sentir uma criatura secundária”, explica a ucraniana Anna Muzychuk, numa nota publicada no seu Facebook.

Dupla campeã mundial em xadrez, Muzychuk lamenta a situação.

“Há exatamente um ano ganhei estes dois títulos e era a pessoa mais feliz no mundo do xadrez, mas agora sinto-me muito mal. Estou preparada para lutar pelos meus princípios e faltar a este evento, onde, em cinco dias, esperava ganhar mais do que numa dezena de competições”.

Com esta posição, a ucraniana espera marcar uma posição.

“Tudo isto é irritante, mas o mais perturbador é quase ninguém se importar realmente. Este é um sentimento amargo, mas ainda não é o que vai mudar a minha opinião e os meus princípios. O mesmo vale para a minha irmã Mariya — e estou muito feliz por partilharmos este ponto de vista. E sim, para aqueles poucos que se importam — vamos voltar!”

Partilhada no passado sábado, a publicação continua viral nas redes sociais.

4Shares

Mais partilhadas da semana

Subir