Nas Notícias

Calor coloca distritos de Leiria, Lisboa e Setúbal sob aviso amarelo

calor Três distritos estão hoje sob aviso amarelo devido à persistência de valores elevados das temperaturas máximas. Com o termómetro a passar os 30 graus Celsius, a Direção Geral da Saúde recomenda “medidas de prevenção”, como a utilização de sombras e “ambientes frescos”.

Agora sim, estamos no verão, com as temperaturas a subirem. Mas, em três distritos, podem subir acima do que seria desejável, o que levou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) a emitir um aviso.

Leiria, Lisboa e Setúbal estão assim sob aviso amarelo, o segundo menos grave de uma escala de cinco, devido à previsão de calor.

O alerta está em vigor desde as 9h00 e até às 22h00 de amanhã, período durante o qual estes três distritos devem registar uma persistência de valores elevados das temperaturas máximas.

Céu limpo

A previsão do IPMA para hoje é de céu limpo, vento em geral fraco do quadrante norte, soprando moderado de noroeste no litoral a norte do Cabo Espichel durante a tarde e sendo moderado a forte de nordeste até ao final da manhã e a partir do final da tarde nas terras altas.

As regiões do litoral norte e centro e a região sul devem assinalar uma pequena subida da temperatura mínima, enquanto a região centro verá também um aumento da temperatura máxima.

As máximas previstas são de 37 graus Celsius em Évora, 36 em Beja, 32 em Castelo Branco, 34 em Lisboa, 31 em Leiria, Coimbra, Braga e Portalegre, 29 no Porto, 27 em Bragança e Viseu, 25 no Funchal, 24 em Guarda, Ponta Delgada e Angra do Heroísmo e 23 em Santa Cruz das Flores.

Para os Açores, prevêem-se períodos de céu muito nublado com abertas, aguaceiros e vento nordeste moderado.

Na Madeira prevêem-se períodos de céu muito nublado, apresentando-se em geral pouco nublado nas vertentes sul, possibilidade de ocorrência de aguaceiros fracos nas vertentes norte, e vento fraco a moderado de nordeste.

“Prevenção”

Com os termómetros a passarem os 30 graus Celsius, a Direção Geral da Saúde (DGS) recomendou, ontem, o uso de “medidas de prevenção”, em especial por parte da população mais vulnerável (crianças, idosos e doentes crónicos).

Com a previsão de uma “subida acentuada da temperatura”, as pessoas devem manter-se em “ambientes frescos” e evitar atividades que exijam grandes esforços físicos, complementou a DGS.

Isto porque, para além da temperatura, também os níveis de radiação ultravioleta estarão muito altos. A exposição direta ao sol deve ser evitada entre as 11h00 e as 17h00.

Para minimizar os riscos para a saúde, as pessoas devem utilizar roupa solta, opaca e que cubra a maior parte do corpo, chapéu de abas largas, óculos com proteção contra radiação UVA e UVB e protetor solar com fator igual ou superior a 30.

Em destaque

Subir