Apresentações/Novidades

Caetano Baviera inaugura instalações num investimento de 21 milhões de euros

A Caetano Baviera – que está a comemorar 35 anos de atividade no mercado automóvel nacional – inaugurou novas instalações no Porto e em Lisboa, com o objetivo de melhor servir os clientes das marcas BMW e Mini. Um investimento total de 28 milhões de euros

No caso da cidade invicta, a modernização e ampliação do espaço na Rua Engenheiro Ferreira Dias faz aumentar a área para o dobro do existente até agora.

Realizada na última sexta-feira com pompa e circunstância – presenças, entre outros, do presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, responsáveis ibéricos da BMW e da BMW Portugal – a inauguração das instalações da Caetano Baviera no Porto permitiram apreciar o novo espaço de exposição e atendimento na Rua Engenheiro Ferreira Dias. Sendo que também foi aproveitado para criar o ambiente para um concerto muito apreciado do maestro Rui Massena.

E de facto as instalações da concessão BMW e Mini da Caetano Baviera na zona industrial do Porto são, para além de contemporâneas e funcionais, muito espaçosas, já que se estendem até à Rua Delfim Ferreira. No total são 10 mil metros quadrados – parte deles destinados à comercialização de usados.

O valor global do investimento só no imóvel foi de três milhões de euros, uma parte do total investido, que se cifra nos nove milhões de euros, representando também mais postos de trabalho, devido a um aumento de 30% no número de funcionários.

Já este sábado tem lugar a inauguração das instalações de Lisboa. Estas ocupam uma área com quase 16 mil metros quadrados no Parque das Nações. Na Caetano Baviera de Lisboa, encontram-se as áreas de vendas (novos e usados da BMW, BMWi e MINI), e o serviço de após-venda, peças e assistência da BMW, BMWi e da MINI.

Nestas instalações o Grupo Salvador Caetano realizou mais um investimento de 2 milhões de euros no imóvel, totalizando assim o valor global de 12 milhões de euros dedicados ao Grupo BMW (BMW e MINI) em Lisboa, tendo tido também a necessidade de realizar um aumento superior a 20%, no numero de colaboradores destas instalações.

Mais partilhadas da semana

Subir