Cultura

Bruno Nogueira assina pela SIC. “Mal jogado, Daniel Oliveira”

Bruno Nogueira vai reforçar os quadros da SIC, começando a aparecer nos ecrãs a partir de setembro.

Trata-se do regresso de um artista que começou a ganhar dimensão mediática no programa de stand-up comedy ‘Levanta-te e Ri’, em 2003.

Foi também para a estação de Paço de Arcos que Bruno Nogueira criou, em 2015, o ‘Som de Cristal’, uma série documental sobre músicos portugueses.

“O Bruno Nogueira, pela originalidade, pelo desassombro criativo e pela capacidade de fazer bem qualquer desafio a que se proponha, é um ativo muito relevante para a SIC”, destacou o diretor geral de entretenimento da Impresa, Daniel Oliveira.

“A sua vontade incondicional em querer desenvolver na SIC as suas ideias está a par da nossa ambição de continuar a inovar e a criar conteúdos com impacto na sociedade. É um orgulho podermos ter uma equipa de elite, que a chegada do Bruno vem robustecer”, acrescentou o responsável.

Elogios que o próprio Bruno Nogueira utilizou para ‘picar’ o futuro chefe.

“A liberdade criativa que o Daniel Oliveira e a SIC me oferecem é, mais do que nunca, uma oportunidade irrecusável. Agradeço o convite e a confiança demonstrada neste meu regresso à SIC e espero estar à altura daquilo a que me proponho. Por outro lado, para o Daniel Oliveira, será o fim de uma época dourada. Nos livros de história da televisão, o Daniel será sempre recordado como ‘aquele a quem tudo corria bem, até ter contratado o outro’. Bem jogado, Bruno. Mal jogado, Daniel”, provocou o artista.

Recorde-se que, durante o estado de emergência motivado pela pandemia de covid-19, Bruno Nogueira criou um programa de diretos no Instagram que se tornou num fenómeno viral, o ‘Como é que o Bicho mexe’.

Mais conhecido pela faceta de humorista, Bruno Nogueira foi também o autor de conceitos como ‘Os Contemporâneos’, ‘O último a sair’, ‘Odisseia’ e ‘Deixem o pimba em paz’.

0Shares

Em destaque

Subir