Ralis

Bruno Magalhães lidera Rali da Madeira e Pedro Meireles já é campeão nacional

MagalhaesMadeira314MagalhaesMadeira314 600Depois de um começo bem animado, com um duelo entre José Pedro Fontes e Bruno Magalhães, o Rali Vinho da Madeira teve um segundo dia não menos movimentado, com o piloto do Peugeot a vencer a competição para veículos FIA e o do Porsche da competição RGT da FPAK.

Isto porque na competição global Magalhães terminou o dia mais de 14 segundos à frente de Fontes. É que se o piloto do Porsche se impôs na segunda passagem pela classificativa do Campo de Golfe, o do Peugeot foi o mais rápido em quatro.

A alegria de Bruno Magalhães ao final do dia era evidente, tanto mais que se trata da primeira prova que o piloto de Oeiras está a realizar com o Peugeot 208 T16: “Andamos durante todo o dia ao ataque e a explorar ao máximo o 208 T16. Temos vindo gradualmente a mehorar o carro em termos de afinações e isso tem-se refletido nos nossos tempos nos troços”.

“O carro ainda não está totalmente a meu gosto, mas vamos continuar a trabalhar. Estou muito contente com a nossa prestação e muito satisfeito por continuar na frente do rali. A minha ambição é somar o terceiro triunfo na Madeira”, refere ainda Bruno Magalhães.

FontesMadeira314 600O piloto do Peugeot assumiu que não correria riscos desnecessários, pois considera o Porsche 997 GT3 de José Pedro Fontes muito rápido e eficaz nas encadeadas especiais de asfalto madeirenses, mas promete que vai ajustar a afinação do Peugeot para dar a luta possível ao piloto portuense.

Já Fontes mostrou-se muito “feliz” pelo triunfo em RGT, que considerou também ser “uma vitória para toda a equipa”, estando ainda na luta pelo vice-campeonato absoluto, no qual promete empenhar-se.

Mas a festa na equipa de José Pedro Fontes foi também a do título nacional absoluto, conquistado por Pedro Meireles, a quem a sétima posição bastou, face ao abandono do seu grande adversário, Ricardo Moura, por acidente ainda na fase matinal da etapa.

Em termos de competição FIA merece destaque a segunda posição conseguida por Miguel Nunes, que aos comandos do seu Mitsubishi Lancer Evo X foi também o melhor piloto madeirense, ocupando a terceira posição absoluta no final deste segundo dia de prova.

MeirelesMadeira314 600Com Pedro Meireles a terminar a sua participação por aqui, último dia pontuável para o campeonato nacional, o interesse da derradeira etapa vai ser pela vitória e pelo quarto lugar, entre Miguel Nunes, Miguel Campos e Bernardo Sousa.

Classificação após a 10.ª PE

1.º Bruno Magalhães/Carlos Magalhães (Peugeot) 1h44m 33,7s

2.º José Pedro Fontes/Inês Ponte (Porsche) + 14,7s

3.º Alexandre Camacho/Pedro Calado (Porsche) + 1m26,9s

4.º Miguel Nunes/João Paulo Fernandes (Mitsubishi) + 1m49,6s

5.º Miguel Campos/Vitor Calado (Peugeot) + 1m49,6s

6.º Bernardo Sousa/Hugo Magalhães (Ford) + 2m00,5s

7.º Pedro Meireles/Mário Castro (Skoda) + 3m01,3s

8.º Filipe Freitas/Daniel Figueiroa (Porsche) + 3m52,8s

9.º João Silva/Sofia Correia (Renault) + 7m23,2s

10.º Diogo Salvi/Paulo Babo (Ford) + 8m08,7s

Em destaque

Subir