Ralis

Bruno Magalhães desolado com problema elétrico

bruno magalhaes210bruno magalhaes510Bruno Magalhães viu a excelente prova que estava a realizar no Rali de Portugal terminar abruptamente após a realização da última classificativa de estrada do primeiro dia, quando se encontrava já na ligação para Lisboa, de modo a participar na super especial da capital.

O piloto de Oeiras e o seu navegador, Nuno Rodrigues da Silva, seguiam na segunda posição entre os concorrentes portugueses quando problemas no alternador do Peugeot 207 S2000 imobilizaram a equipa na viagem entre o Algarve e Lisboa.

A desilusão foi enorme, tanto mais que se trata do regresso de Bruno Magalhães à competição após quase um ano de ausência, onde procura os melhores resultados de modo a lutar pela Taça de Ouro – composta pelos ralis de Portugal, Açores e Madeira.

“Foi uma pena o que nos aconteceu. No quarto troço, antes de partirmos para Lisboa já sentimos problemas de alternador. E felizmente o pior estava-nos reservado. Estávamos na luta pelo primeiro lugar entre os portugueses”, começou por salientar o piloto de Oeiras.

“Felizmente que ao abrigo da regra super-rali vamos poder regressar amanhã e fazer o melhor possível com vista à Taça de Ouro de Ralis”, acrescentou Bruno Magalhães, agora apostado em limitar os estragos no que resta da prova portuguesa do campeonato do Mundo.

Mais partilhadas da semana

Subir