Motores

Brilhante vitória de Filipe Albuquerque nas 4 Horas de Portimão

Filipe Albuquerque, fazendo equipa com Phil Hanson, venceu de forma brilhante as 4 Horas de Portimão, derradeira prova do European Le Mans Series, que este domingo se disputou no Autódromo Internacional do Algarve.

O piloto português, que tripulou o Ligier JSP217 Gibson # 22 da United Autosports na segunda metade da corrida, foi essencial na fase decisiva da mesma, depois de no começo Phil Hanson ter optado pela prudência, deixando o protagonismo aos seus mais diretos adversários.

Albuquerque teve no entanto de aguentar a pressão de Will Stevenes que no Oreca 07 Gibson # 23 da Panis Barthez pressionou bastante o piloto de Coimbra, depois de uma penalização ter afastado dessa luta Jean-Eric Vergne, no Oreca # 26 da G-Drive, depois do francês ter ultrapassado os limites da pista.

Para Albuquerque e Hanson tratou-se do segundo triunfo consecutivo no ELMS, depois da vitória conseguida em Spa-Francorchamps, onde a prova tinha sido encurtada devido ao mau tempo.

Will Stevens foi mesmo o maior adversário que Filipe Albuquerque teve de enfrentar. O britânico, que dividiu a condução do Oreca # 23 com Julien Canal e Timothe Buret tirou partido de um andamento muito consistente e também da estratégia adotada pela equipa Panis Barthez, conseguindo ultrapassar Andrea Pizzitola no último turno de condução, quando o italiano substituía já Vergne ao volante do Oreca # 26 da G-Drive.

Com os 10 segundos de penalização à equipa, Pizzitola não conseguiu evitar que Will Owen, no Ligier # 32 terminasse na terceira posição, fazendo com que ambas as formações subissem ao pódio final na pista algarvia.

Já Henrique Chaves não foi feliz no Dallara P217 Gibson # 30 da AVF by Adrian Vallés, pois se chegou a liderar a prova ainda na primeira metade da corrida, depois teria problemas, já depois de Konstantin Tereschenko ter sofrido uma penalização no seu turno de condução.

Em LMP3 a RLR Msport garantiu o título, através de John Farano, Job Van Uitert e Rob Garofall, que chegaram a liderar no seu JPSP3 Nissan no começo da prova, mas que depois da situação de ‘safety car’ a meia hora do fim deixaram fugir o triunfo na pista de Portimão para Martin Hippe, Jakub Smiecgowki e Luca Demarchi no Norma da Europol.

Já em LM GTE Giorgio e Gianluca Roda garantiram o cetro, aos comandos do Porsche 911 RSR # 88 da Proton Competition que dividiram com Matteo Cairoli. Isto apesar do seu rival, o Ferrari 488 GTE da JMW Motorsport ter concluído esta última corrida do ano na segunda posição, atrás do outro Porsche 911 RSR da Proton, o # 77 tripulado por Christain Ried, Marvin Dienst e Dennis Olsen.

Classificação

1º Albuquerque/Hanson (Ligier) 140 voltas

2º Buret/Canal/Stevens (Oreca) + 0,520s

3º Owen/De Sadeleer/Boyd (Ligier) + 14,647s

4º Rusinov/Pizzitola/Vergne (Oreca) +15,185s

5º Nato/Pla/Petit (Oreca) + 1m23,913s

6º Aubry/Chatin/Rojas (Oreca) + 1 volta

7º Allen/Falchero/Enqvist (Oreca) + 1 volta

8º Cougnaud/Hirschi/Gommendy (Oreca) + 1 volta

9º Andersen/Fjordbach (Dallara) + 2 voltas

10º Smeichowski/Hippe (Ligier) + 8 voltas

Mais partilhadas da semana

Subir