Motores

Brendon Hartley confirmado no lugar de Fernando Alonso na Toyota no WEC

Os rumores de que Brendon Hartley seria o susbstituto de Fernando Alonso na Toyota a partir da próxima temporada do Campeonato do Mundo de Resistência (WEC) foram hoje confirmados pela equipa de Colónia

Ao mesmo tempo que a Toyota Gazoo Racing anunciava a saída de Fernando Alonso da equipa após as próximas 24 Horas de Le Mans, também confirmava a sua substituição pelo piloto neozelandês.

Hartley, ex-piloto da Toro Rosso na Fórmula 1, e ex-campeão do Mundo de Resistência e vencedor de Le Mans pela Porsche, terá assim aos 29 anos a sua segunda ‘vida’ ao serviço de uma equipa de fábrica no WEC, dividindo um dos TS050 Hybrid com os atuais companheiros de equipa de Alonso, Kazuki Nakajima, Sebastien Buemi, José Maria Lopez, Mike Conway e Kamui Kobayashi.

“Ter tido esta equipa como adversário durante anos no WEC permite perceber até que ponto esta formação é profissional e motivada. Daí que esteja contente por passar a fazer parte dela”, reagiu o neozelandês.

Brendon Hartley admite que inicialmente até possa estar um pouco ‘enferrujado’: “Para este regresso à resistência penso que a minha pilotagem ainda esteja muito influenciada pela minha experiência na Fórmula 1. Espero ter uma relação forte com a minha nova equipa e estou ansioso em ir para a pista ao volante do TS050 Hybrid”.

Já Fernando Alonso agradece os momentos que passou no seio da equipa Toyota, sobretudo os êxitos que conheceu: “A vitória em Le Mans no ano passado foi um dos momentos fortes da minha carreia na minha busca pela ‘Triple Crown’, e vou-me recordar desta proeza coletiva”.

“Os tempos que vivo agora são de atacar novos desafios e oportunidades interessantes não faltam na Toyota Gazoo Racing. Desejo a Brendon tudo de bom para a próxima época e gostaria de agradecer aos membros da equipa pelo enorme trabalho que eles continuam a fazer para terem sucesso no WEC”, refere o Bicampeão do Mundo de F1 em jeito de despedida.

Ainda assim Alonso não esquece que junto com o construtor japonês ainda tem duas provas muito importantes pela frente; Spa-Francorchamps já no próximo fim de semana, e depois o regresso a Le Mans em Junho: “Restam duas corrias importantes, já que estamos em luta pelos títulos de campeões do Mundo, e vou-me bater para que nós conquistemos os dois. Adoraria que esta super temporada fosse festejada com mais um título com a família Toyota”.

Mais partilhadas da semana

Subir