Insólito

Brasil: Clientes com banda gástrica só pagam metade da refeição

obesidade_1Lei foi decretada em Campinas, estado brasileiro de São Paulo. Quem apresentar um comprovativo da cirurgia, tem direito a um desconto de 50 por cento em todos os restaurantes.

No Brasil há agora uma lei que promete facilitar a vida, ou pela menos a carteira, a quem tenha uma banda gástrica. A proposta inicial foi de Francisco Sellin: “As pessoas com banda gástrica comem normalmente menos de metade que uma pessoa com um estômago normal. Não faz qualquer sentido pagarem o mesmo”, sublinha o presidente da câmara de Campinas.

Desta forma, os brasileiros daquela região que foram submetidos à cirurgia vão receber um cartão especial, que devem apresentar no restaurante. A refeição fica assim por metade do preço.

No Brasil, entre 2003 e 2011, as operações para colocação de banda gástrica cresceram mais de 350 por cento. Só no estado de Campinas, em média, cinco a oito pessoas são operadas por semana.

Mais partilhadas da semana

Subir