Economia

BPI vende ações da Sonae GPS e reduz participação para 4,802%

O banco BPI vendeu fora de bolsa 4.1756.332 ações da Sonae SGPS, reduzindo a sua participação de 5,011 por cento para 4,802 por cento, revela uma comunicação da instituição financeira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Antes desta venda, o BPI tinha 100.211.121 ações da Sonae SGPS, representativas de 5,011 por cento do capital do grupo liderado por Cláudia Azevedo.

A venda de ações fora de bolsa teve lugar na terça-feira, segundo o comunicado divulgado pela CMVM na noite de sexta-feira.

Na sexta-feira, no encerramento da bolsa de Lisboa, as ações da Sonae SGPS registaram uma queda de 1,16 por cento, cotando-se a 0,94 euros por título.

O Banco BPI é parte do Grupo CaixaBank, que detém 100 por cento do capital do BPI.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir