África

Botsuana disposto a ajudar Moçambique a combater caça furtiva

O Botsuana está disposto a ajudar Moçambique no combate à caça furtiva, assinalando que a rica biodiversidade pode tornar o país numa potência turística, disse o presidente do botsuano, citado pela Rádio Moçambique.

Mokgweetsi Masisi manifestou a prontidão do Botsuana para cooperar com Moçambique na luta contra este tipo de caça, num encontro de cortesia com a presidente da Assembleia da República moçambicana, Verónica Macamo.

“O Botsuana está ponto a estudar com Moçambique formas de parar a caça furtiva, porque constituiu uma ameaça à biodiversidade”, declarou Masisi.

O chefe de Estado assinalou que o seu país tem oferecido animais bravios a Moçambique, visando contribuir para o repovoamento da vida selvagem nos parques e reservas moçambicanos.

A conservação da rica diversidade de Moçambique, prosseguiu, pode tornar o país numa potência no turismo na África Austral e no mundo.

Mokgweetsi Masisi realizou uma visita de cortesia na quinta-feira à Assembleia da República, no quadro de visita de três dias que vinha efetuando a Moçambique e que termina hoje.

Mais partilhadas da semana

Subir