Mundo

Bombeiros já escavaram 3,15 metros e estão a 1,5 metros da criança que caiu num poço

A escavação da galeria horizontal para alcançar o lugar onde se encontra a criança de dois anos que caiu em 13 de janeiro num poço em Totalán (Málaga) progrediu até aos 3,15 metros, anunciou um departamento do governo.

Desde o início da tarde foram enviados para a zona três helicópteros, que transportaram material para concluir a operação e guardas civis da Equipa de Montanha e especialistas em espeleologia para reforçar o dispositivo de resgate, acrescentaram as mesmas fontes citadas pela agência noticiosa Efe.

As características do terreno, de extrema dureza, dificultaram o trabalho de perfuração de um túnel vertical de 60 metros paralelo àquele em que a criança caiu, o que atrasou a entrada em ação desta brigada mineira para escavar a galeria de acesso ao local onde se encontra o menor.

11Shares

Mais partilhadas da semana

Subir