Mundo

Bolsonaro tem aprovação de 35 por cento dos brasileiros na gestão da crise da pandemia

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, tem aprovação de 35% e reprovação de 33% na gestão da crise do novo coronavírus, segundo uma sondagem divulgada hoje pelo Instituto Datafolha.

A sondagem mediu a avaliação do desempenho do Presidente brasileiro, do Ministério da Saúde e de governo locais na condução das medidas para combater a pandemia de covid-19.

Os números também indicaram que 26% dos brasileiros acham que as ações de Bolsonaro foram regulares, enquanto 5% alegou não saber.

Já o Ministério da Saúde brasileiro foi bem avaliado pela maior parte dos brasileiros, com 55% considerando que o órgão está a ter um bom desempenho, 31% consideram as ações regulares, 12% ruins ou péssimas, e 2% afirmaram não saber.

A pesquisa foi realizada por telefone junto de 1.558 pessoas entre os dias 18 e 20 de março em todas as regiões do país. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Segundo o mais recente balanço das autoridades brasileiras, divulgado este domingo, foram registadas 25 mortes e estão confirmados 1.546 casos da doença no país.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 341 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 15.100 morreram.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

O continente europeu é aquele onde está a surgir atualmente o maior número de casos, com a Itália a ser o país do mundo com maior número de vítimas mortais, com 5.476 mortos em 59.138 casos. Segundo as autoridades italianas, 7.024 dos infetados já estão curados.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir