América do Sul

Bolsonaro atribui ao primeiro-ministro de Israel a mais alta condecoração brasileira

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, concedeu ao primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, a Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul, a mais alta condecoração brasileira atribuída a cidadãos estrangeiros, segundo informação publicada hoje no Diário Oficial da União.

A Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul só pode ser concedida por decisão do Presidente do país.

Desde a campanha presidencial, Bolsonaro tem assinalado a sua intenção de aproximar o Brasil de Israel.

O chefe de Estado brasileiro já afirmou que irá transferir a embaixada do país de Telavive para Jerusalém, contrariando a posição histórica do Brasil de neutralidade no conflito entre israelitas e palestinos.

Jair Bolsonaro também anunciou que enviará uma comitiva brasileira a Israel para estudar projetos de dessalinização de águas naquele país, com o intuito de instalar esta tecnologia no nordeste brasileiro, região que sofre constantemente com as secas.

Netanyahu fez uma visita ao Brasil em dezembro e esteve presente na posse de Bolsonaro, realizada em 01 de janeiro.

Na altura, o primeiro-ministro israelita celebrou uma “nova era” iniciada por ambos os países, que selaram uma parceria estratégica para cooperar em áreas como tecnologia, defesa, agricultura, segurança e água.

“Israel é a terra prometida e o Brasil é a terra da promessa”, disse Netanyahu, durante a sua visita ao Brasil.

Mais partilhadas da semana

Subir