Nas Redes

Blaya revoltada com trabalhos recusados

A artista anunciou nas redes sociais que está grávida, já com 20 semanas, revelando que seria uma menina. No entanto, o que era suposto ser uma fase feliz na vida de Blaya, está a revelar-se mais difícil do que pensava: estão a recusar-lhe trabalho por estar grávida. A artista diz que nunca esperou ser discriminada no campo profissional devido a uma situação destas.

A artista Blaya publicou um texto nas redes sociais onde mostra o seu descontentamento por lhe terem cancelado vários trabalhos devido à gravidez. No longo texto, a artista confessa estar profundamente indignada com a forma como as pessoas estão a encarar a sua gestação, principalmente no campo profissional.

“As pessoas pensam que estar grávida é um problema! As pessoas pensam que grávidas não podem desempenhas o seu trabalho! Já senti discriminação da minha cor, da minha maneira de falar, da minha maneira de dançar…MAS POR ESTAR GRÁVIDA??? Já me senti ofendida, frustrada, triste com muita coisa…mas do fundo do meu coração, nunca pensei que o facto de estar grávida me fosse chamar a atenção de uma situação que eu pensei que não era assim tão má”, desabafa.

A artista admite que está numa fase linda da sua vida, reconhecendo que tem certas limitações. No entanto, garante que pode desempenhar com profissionalismo as tarefas, até porque ninguém a proibiu de o fazer. “Estão a acontecer coisas que para mim só têm um nome…DISCRIMINAÇÃO! Estão a desmarcar-me trabalhos pelo facto de estar grávida (…) Acho ridículo o facto de me ser recusado trabalhos porque estou grávida, ou pela razão que vou ter as minhas limitações ou pela razão que há pessoas que vão achar estranho uma grávida dançar e ARREBENTAR COM O PALCO! Eu contagio as pessoas pela minha energia, NÃO PELO MEU CORPO”, termina.

Veja aqui a publicação completa de Blaya:

As pessoas pensam que estar grávida é um problema! As pessoas pensam que Grávidas não pode desempenhar o seu trabalho ! Já senti discriminação da minha cor/ da minha maneira de falar / da minha maneira de dançar … MAS POR ESTAR GRÁVIDA??? Já me senti ofendida frustrada triste com muita coisa… mas do fundo do meu coração nunca pensei que o facto de estar grávida me fosse chamar a atenção de uma situação que eu pensei que não era assim tão má . A gravidez é uma fase linda uma fase que não me impede de continuar a fazer o meu bom trabalho e desempenho de boa qualidade. No entanto estão a acontecer coisas que pra mim só tem um nome.. DISCRIMINAÇÃO! Estão a desmarcar me trabalhos pelo facto de estar grávida. Meus caros amigos… eu sei que vocês querem o meu bem ( acho eu) mas vocês não sabem de maneira nenhuma se sou ou não capaz de desempenhar a minha função, claro que irei ter a minhas limitações mas por isso é que tenho uma partner, partner esta que tem vindo a trabalhar comigo para estarmos em sintonia e podermos fazer as duas bom trabalho e executarmos uma aula em condições. Limitações… sim! Como saltar pro chão/ dar cambalhotas / dançar sem parar e sem hidratação/ saltos de muito impacto, mas tenho orgulho de ter dado sempre 100% de mim independentemente de qualquer limitação que eu tivesse , sou uma pessoa que gosta de adaptar se e minhas pessoinhas.. tenho uma vida a crescer dentro de mim e ainda tenho a possibilidade de fazer o que me faz mais feliz E tenho a certeza que eu estando feliz a princesa que tenho dentro de mim também está. É só tomar o devido cuidado que tudo corre bem. Se me fosse dito que eu não podia dançar… não iria dançar e pronto! Ou seja! Não me colocaria a marcar workshops e performances. Acho ridículo o facto de me ser recusado trabalhos porque estou grávida, ou pela razão que vou ter as minhas limitações ou pela razão que há pessoas que vão achar estranho uma grávida dançar e ARREBENTAR COM O PALCO! Eu contagio as pessoas pela minha energia NÃO PELO MEU CORPO! Obrigada

A post shared by Blaya Rodrigues (@blaya_con_dios) on

1Shares

Mais partilhadas da semana

Subir