Desporto

Benfica-PSV: Jesus aposta em Cardozo e Roberto no onze

Técnico Jorge Jesus revela que, no jogo com o PSV Eindhoven, dos quartos de final da Liga Europa, manterá a confiança no guarda-redes Roberto e no ponta de lança Cardozo. Os jogadores comprometeram no clássico Benfica-FC Porto: Roberto transformou um cruzamento num golo e Cardozo anulou a superioridade numérica do clube da Luz, ao ser expulso.

Jorge Jesus não vai crucificar 18,5 milhões de euros: o preço dos dois jogadores que mais deram nas vistas, pela negativa, no embate que permitiu ao FC Porto assegurar o título antecipadamente.

“Falei com o Cardozo, depois do jogo. E compreendo-o. Por vezes, a emoção retira-nos a razão e ele está consciente disso. Continuamos a manter a máxima confiança no Cardozo, que será lançado no onze”, afirmou Jorge Jesus.

Quem “também se mantém na equipa” é Roberto, até por que Jorge Jesus tem “máxima confiança” no guarda-redes espanhol. Durante o jogo com o FC Porto, “esteve bem em 90 por cento das situações” que enfrentou.

“Ele tem dificuldade nas situações fáceis, tem que a aprender no aspeto da concentração, porque está sempre bem nas situações difíceis. Temos muita confiança nele para o presente e para o futuro”, sublinhou o técnico.

Outra certeza na equipa será Maxi Pereira, que “respondeu bem às exigências do treino” de ontem e “vai ser lançado no jogo”.

Numa antevisão da partida com o PSV, que tem início marcado para as 20h05 e terá transmissão em direto na SIC, Jorge Jesus é pragmático: “Queremos ganhar. Só isso. Ganhar por 1-0 é melhor do que ganhar por 2-1. Mas o que queremos mesmo é ganhar. Esse é o objetivo principal”.

O treinador do Benfica passou “algumas horas a observar o PSV” e conclui que está perante “uma excelente equipa, uma das melhores do campeonato holandês”. Mas, apesar de tudo, sente que “existe a possibilidade de vencer”.

Segundo Jesus, as equipas holandesas “preocupam-se em mostrar qualidade de jogo, mais em termos ofensivos do que defensivos”. No entanto, “o PSV também é forte defensivamente”, o que vai “criar muitas dificuldades ao Benfica.

A imagem cinzenta da última ronda está relacionada com a motivação da equipa: “Antes do jogo do FC Porto, já sabíamos que não íamos ganhar o campeonato. Agora, estamos numa competição que podemos vencer, tal como todas as outras equipas que permanecem em prova. Depois de chegarmos às meias-finais, será mais fácil atingirmos a final”.

A presença de adeptos na bancada é garantida. “É fundamental sentirmos que nos apoiam. Tenho informações de que o Estádio da Luz vai estar lotado. É bom sentirmos que os adeptos confiam na equipa”, rematou Jorge Jesus.

Em destaque

Subir