Desporto

Benfica-Beira Mar: Golos de Sidnei e Jara confirmam segundo lugar


Jorge Jesus voltou a fazer muitas mexidas no 11 encarnado comandado pelo adjunto Raul José. Aimar também marcou mas Elmano Santos invalidou num erro incrível.

Pouca gente na Luz para ver duas equipas em busca de pouca coisa. O Benfica entrou novamente com um 11 de segundo plano. Júlio César na baliza, quarteto defensivo com Sidnei, Roderick, Carole e Luis Filipe, Airon, Carlos Martins, Fernández e Aimar no meio campo, com Jara no apoio a Kardec.

O jogo foi morno na primeira parte salve-se um remate ao poste de Carlos Martins e duas boas oportunidades de Alan Kardec para a equipa de Jorge Jesus. O Beira Mar ia ameaçando principalmente por Wilson Eduardo que viu um remate de fora de área embater no ferro da baliza de Júlio César.

Quando faltava um minuto para o término do primeiro tempo, o caso do jogo. Aimar bate um livre da direita, a bola desvia em Djamal e acaba por entrar na baliza de Rui Rego. O árbitro Elmano Santos anula o lance por supostamente o livre ter sido marcado direto. Chegava-se então ao intervalo com o nulo.

Na segunda parte o Benfica entrou melhor e Sidnei inaugurou o marcador aos 54 minutos. Boa jogada ofensiva do Benfica em que o central benfiquista só teve mesmo de encostar.

Aos 71 minutos, um momento de classe. Franco Jara recebe a bola de Maxi à entrada da área, passa por três adversários e remata cruzado para o fundo das redes. Estava feito o dois a zero.

O jogo desenrolou-se lento, com as duas equipas à espera do fim do jogo. Passavam quatro minutos dos 90 quando Yartei, jogador emprestado pelo Benfica, assinou o golo do jogo com uma ‘bomba’ de fora de área imparável para Júlio César.

Fim do jogo com o Benfica a assegurar matematicamente o segundo lugar do campeonato quando faltam duas jornadas para o final da Liga Sagres.

Em destaque

Subir