Economia

BCE baixa uma décima previsões de crescimento na zona euro para 2018 e 2019

O Banco Central Europeu (BCE) reviu hoje em baixa as suas previsões de crescimento na zona euro para 2018 e 2019 para 1,9 por cento e 1,7 por cento, respetivamente, uma décima abaixo do indicado há três meses.

Em setembro, o banco central tinha antecipado um crescimento de 2 por cento na zona euro em 2018 e de 1,8 por cento em 2019. Para 2020, a previsão mantém-se em 1,7 por cento.

No final da reunião de política monetária da instituição, o seu presidente, Mario Draghi, indicou que os riscos para a economia na zona euro são agora mais sombrios, tendo passado da designação de “globalmente equilibrados” a “orientados para baixo”, um sinal de pessimismo.

Em conferência de imprensa, o presidente do BCE disse que se mantém a incerteza por fatores geopolíticos, pelo protecionismo, pela vulnerabilidade das economias emergentes e pela volatilidade dos mercados financeiros.

Mais partilhadas da semana

Subir