Mundo

Barack Obama comenta ‘Panama Papers’: “Fuga aos impostos é problema global”

orcamento cibersegurança obama

O Presidente da maior economia do mundo, os EUA, já comentou o tema do momento: os ‘Panama Papers’. “A fuga aos impostos é um grande problema global”, declarou Barack Obama, que pediu ao Congresso para aprovar medidas de combate à evasão fiscal das empresas.

Os ricos “manipulam o sistema” e quem paga depois a conta é a generalidade da população, salientou o chefe de Estado norte-americano, ao referir-se ao escândalo dos offshores revelados pelos ‘Panama Papers’.

“A fuga aos impostos é um grande problema global. Não é caso único dos outros países, porque também há pessoas na América que estão a retirar benefícios da mesma coisa. Grande parte daquilo é ilegal e esse é o problema”, reconheceu Obama.

Quando os indivíduos e as empresas mais ricas não “pagam a sua parte”, a conta sobra para os restantes contribuintes, os que não têm dinheiro para ‘pagar’ a evasão fiscal: “Quando as corporações exploram as brechas legais que permitem isto… A conta fica para o resto de nós e os americanos que trabalham duro sentem que estão num jogo com cartas viciadas”.

Depois de lembrar que o Departamento do Tesouro aprovou ações mais decisivas para reprimir as ‘inversões’ (os acordos que as empresas norte-americanas fazem com estrangeiras para reduzir os impostos a pagar), Obama apelou ao Congresso para endurecer a legislação tributária.

“As ações do Departamento do Tesouro tornarão mais difícil explorar esta brecha de inversões empresariais em particular, mas só o Congresso pode fechá-la de vez”, insistiu o Presidente dos EUA.

1Shares

Em destaque

Subir