Mundo

Balanço de mortos no incêndio no oleoduto no México sobe para 79

O número de mortos no incêndio após a explosão num oleoduto em Tlahuelilpan, no estado mexicano de Hidalgo, aumentou para 79 pessoas, com a morte de seis pessoas que estavam hospitalizadas.

“Foram somados mais seis mortos aos 73 (do balanço anterior), assim podemos confirmar que 79 mexicanos morreram como resultado dessa explosão”, disse o ministro da Saúde mexicano, Jorge Alcocer, numa conferência de imprensa.

O ministro explicou ainda que das 81 pessoas que foram hospitalizadas após a explosão, que ocorreu na tarde de sexta-feira, 66 continuam nos centros médicos, 12 morreram, duas tiveram alta e uma pessoa decidiu sair do hospital por sua iniciativa.

A explosão no oleoduto da empresa estatal Petróleos Mexicanos (Pemex) provocou um incêndio de grandes dimensões na sexta-feira, na cidade de Tlahuelilpan, no estado central de Hidalgo.

De acordo com as autoridades mexicanas, o oleoduto terá explodido horas depois de um grupo ter perfurado a tubulação ilegalmente para roubar combustível.

O Presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, declarou uma ofensiva contra o roubo de combustível e convocou todos os setores do Governo para prestar assistência às vítimas.

Mais partilhadas da semana

Subir