Nas Notícias

Azeredo Lopes manifesta disponibilidade e interesse em ser ouvido no DCIAP

O ex-ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, manifestou hoje ao Departamento Central de Investigação e Ação Penal [DCIAP] “total e completa disponibilidade e interesse” em ser ouvido sobre o caso de Tancos, disse o próprio à agência Lusa.

“Face às notícias de hoje sobre o chamado `caso de Tancos´, contactei o DCIAP, tendo manifestado, “com respeito pleno pela autonomia decisória da PGR [Procuradoria-Geral da República], a minha total e completa disponibilidade e interesse em ser ouvido pela investigação deste caso”, disse José Azeredo Lopes, numa declaração enviada à Lusa.

Na mesma declaração, José Azeredo Lopes acrescentou que reitera tudo o que afirmou “até à data” sobre aquele caso.

Mais partilhadas da semana

Subir