Clipping

Azeite português eleito o melhor do mundo

Azeite_900Um azeite do Alentejo, o Moura DOP, da Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos, conquistou o primeiro prémio no concurso internacional Mário Solinas, o mais reputado na área dos adeites virgem extra.

O azeite português Moura DOP, da Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos (CAMB), conquistou a medalha de ouro no reputado concurso internacional Mário Solinas, organizado pelo Conselho Oleícola Internacional.

O galardão simboliza a qualidade do produto daquela cooperativa e reforça o estatuto dos azeites portugueses, que tal como os vinhos vão conquistando o seu espaço além-

fronteiras.

O azeite conquistou uma medalha de ouro na categoria de frutado maduro, destacando-se entre mais de cem marcas de países como Argentina, Austrália, Chile, Israel, Perú, Tunísia, ou Uruguai.

Esta não é a primeira vez que o Azeite Moura DOP é distinguido. Em 2014, obteve duas Estrelas de Ouro do júri do iTQi – International Taste & Quality Institute (Bruxelas).

Os azeites virgem produzidos, embalados e comercializados pela CAMB têm origem nas produções de azeitona dos seus cooperadores, resultando de um processo de extração “exclusivamente mecânico e a frio, não contendo quaisquer outras operações para além da lavagem, da moenda, do batimento, da centrifugação e da filtragem”.

A nomenclatura constante nos rótulos das embalagens dos azeites distribuídos pela cooperativa alentejana é sempre seguida da qualificação “virgem”, que lhe confere a qualidade de ser um produto 100 por cento natural.

O concurso internacional Mário Solinas é o mais reputado na área dos azeites virgem extra.

Dentro de algumas semanas o lote vencedor chegará ao mercado.

297Shares

Mais partilhadas da semana

Subir