Mundo

Avião quase aterra em pista onde quatro aviões esperavam para descolar

O aeroporto de São Francisco (EUA) esteve quase a tornar-se no cenário de um acidente dramático quando um avião da Air Canada ia aterrar numa pista… onde estavam já quatro aviões, que aguardavam a ordem para poderem descolar.

O acidente só foi evitado pela rápida resposta de um controlador aéreo, que se apercebeu que o piloto da companhia canadiana se alinhava para aterrar na ‘taxiway’, uma pista paralela à de aterragem que serve para os aviões poderem fazer as manobras de preparação.

“O voo AC759 da Air Canada, proveniente de Toronto, estava a preparar a aterragem na noite de sexta-feira quando o avião iniciou uma [volta] circular”, adiantou o porta-voz do aeroporto, Peter Fitzpatrick.

Corrigido o erro, o piloto aterrou o Airbus 320 sem problemas (e na pista correta).

Foi entretanto divulgada uma mensagem de audio na qual o piloto da Air Canada avisa a torre de controlo da existência de “luzes na pista”, recebendo como resposta de um controlador a garantia de que “a pista está limpa”.

Nesse preciso momento, ouve-se uma outra voz: “Onde é que ele vai? Está [alinhado] com a ‘taxiway'”.

O regulador norte-americano da aviação (FCC) já abriu um inquérito ao incidente.

“Estivemos perto daquele que seria o maior desastre da história da aviação”, comentou um antigo piloto, Ross Aimer: “Se é possível imaginar um Airbus a colidir com quatro aviões com passageiros a bordo e com os tanques de combustível cheios talvez se consiga ter uma ideia de como [esse acidente] teria sido horrível”.

0Shares

Em destaque

Subir