Mundo

Autocarro incendeia-se, na Colômbia, e 31 crianças morrem carbonizadas

acidente na colombia210acidente na colombiaPelo menos 31 crianças morreram durante um incêndio num autocarro, ontem, em Fundación, na Colômbia. Da explosão resultaram ainda 25 feridos graves, incluindo um adulto. As autoridades suspeitam que na origem do incidente esteja um bidão de combustível junto ao motorista.

“A Colômbia chora a morte destas crianças”, afirmou o Presidente Juan Manuel Santos, referindo-se aos 31 menores que perderam a vida, ontem, na sequência da explosão do autocarro que os transportava.

O autocarro que estava ao serviço de uma congregração (a Igreja Pentecostal) incendiou-se em Fundación, no norte do país, deixando 31 mortos (todos menores) e 25 pessoas com queimaduras graves (incluindo um dos poucos adultos que seguiam a bordo).

“Os feridos têm queimaduras de segundo e terceiro graus e muitos estão em estado crítico”, revelou o médico Cesar Uruena, da Cruz Vermelha colombiana, citado pela AFP.

Um primeiro balanço, ontem, apontava para a existência de 16 mortos e 14 feridos, números que com o tempo quase duplicaram.

A bordo seguiam crianças com idades entre 1 e 8 anos.

Quanto à origem do acidente, as autoridades suspeitaram primeiro de uma falha mecânica, como adiantou o general Rodolfo Palomino, diretor da Polícia Nacional.

Porém, foram vários os sobreviventes que relataram a existência de um bidão de combustível junto ao motorista, tendo este sido observado a mexer no recipiente.

O profissional fugiu do local, mas alguns familiares em raiva viraram-se contra a casa onde vive, apedrejando-a.

O acidente obrigou os políticos colombianos a interromper a campanha para as eleições presidenciai, agendadas para 25 de maio. Juan Manuel Santos, o Presidente que se recandidata ao cargo, já lamentou “a tragédia”. 

Em destaque

Subir