Ciência

Astrónomos detetam o maior buraco negro que está mais próximo da Terra

O maior buraco negro alguma vez detetado a menos distância da Terra terá uma massa equivalente a 40 mil milhões de vezes a do Sol, estimam os astrónomos que fizeram a descoberta, hoje divulgada.

A massa do buraco negro foi calculada de forma direta por uma equipa do Instituto Max Planck de Física Extraterrestre e da Universidade de Munique, na Alemanha.

O corpo extremamente denso e escuro situa-se no centro da galáxia Holmberg 15A, no “coração” do aglomerado de galáxias Abell 85, a 700 milhões de anos-luz da Terra, sendo o maior buraco negro que está a menos distância do planeta.

Um dos maiores buracos negros no Universo, o “TON 618”, com uma massa equivalente a 66 mil milhões de vezes a do Sol, está a uma distância muito maior, a 104 mil milhões de anos-luz da Terra.

Os astrónomos basearam-se nos movimentos estelares observados em redor do centro da galáxia Holmberg 15A, através dos telescópios VLT, no Chile, e do Observatório Wendelstein, na Alemanha, para calcularem a massa do buraco negro com modelos computacionais, refere o Instituto Max Planck de Física Extraterrestre em comunicado.

0Shares

Mais partilhadas da semana

Subir