Nas Notícias

Assunção Cristas reage à tentativa de agressão de que foi alvo

assuncao cristasAssunção Cristas, ministra da Agricultura, viu o seu discurso interrompido pelo arremesso de um ovo, quando participava na apresentação do ‘Prémio Agricultura 2012’. Em declarações à agência Lusa, Cristas desvaloriza o episódio: “O importante é mostrar que a agricultura é um setor vivo”.

Enquanto discursava do Teatro Sá da Bandeira, Assunção Cristas foi surpreendida com o arremesso de um ovo, que quase atingiu a ministra da Agricultura. O homem que arremessou o objeto gritou palavras de protesto.

A ministra Assunção Cristas desvaloriza o incidente. Em declarações à agência Lusa, sustenta que o protesto será efeito de descontentamento da população, sentimento que o Governo compreende.

“Nos dias que correm, temos de estar preparados para tudo e o nosso papel, compreendendo as dificuldades das pessoas, é manter a nossa preocupação central. Neste caso, mostrar que na agricultura temos um setor vivo, dinâmico, de braços abertos para os jovens apareçam”, afirmou Cristas, instada a comentar o arremesso do ovo.

Para Assunção Cristas, que participava na apresentação do Prémio Agricultura 2012, esta é questão central e não deve ser relativizada com pequenos focos de protesto. “Termos um setor dinâmico é importante e ajuda-nos a sair da crise, a criar postos de trabalho, a que a nossa economia fique melhor”, sublinhou a ministra.

O homem que atirou o ovo chamou “aldrabões”, num insulto dirigido aos membros do Governo. Acabou por ser identificado pela Polícia de Segurança Pública. Assunção Cristas não deu relevância ao episódio e prosseguiu o seu discurso.

Em destaque

Subir