Economia

As startups portuguesas mais mediáticas

Em véspera de Websummit em Lisboa, a Cision foi saber quais as 50 startups mais mediáticas em Portugal. Farfetch, Uniplaces e Science4You são as startups a que os órgãos de comunicação social portugueses deram mais destaque desde o início de 2016.

Com um total de 772 notícias veiculadas, a Farfetch gere um mercado de marcas de luxo que vende para todo o mundo, para além de ser a mais mediática, é a primeira “billion dolar company made in Portugal”.

A Uniplaces é um mercado online para alojamento de estudantes e é a segunda startup portuguesa mais mediática, esteve presente em 683 notícias.

Brinquedos educativos e científicos são a oferta da Science4you que reuniu, desde o início do ano, um total de 475 notícias, que a colocam na terceira posição deste ranking.

O objeto do estudo foram todas as notícias veiculadas, no espaço editorial português, em mais de 2000 meios de comunicação social, no período temporal compreendido entre 1 de janeiro e 26 de outubro de 2016, num total de mais de 4 milhões de artigos analisados.

A seleção das empresas em que incidiu a recolha de informação para este estudo teve por base as startups selecionadas para estarem presentes no Websummit, bem como outras startups que se destacaram em termos mediáticos, no corrente ano.

A validação da lista final que foi submetida a pesquisa na base de dados da Cision, teve o apoio da Corpcom, agência portuguesa que desde 2007 tem vindo a desempenhar um importante papel na comunicação de startups nacionais e internacionais, bem como na comunicação do ecossistema empreendedor português.

Mais partilhadas da semana

Subir